logo-1.svg

Defesa Civil interdita campo do ECCB

Laudo elaborado por engenheiro em vistoria técnica constatou que o muro que faz a divisa com a rua Bernardino de Campos está realmente comprometido e com risco de “colapso em sua totalidade”. Dados levantados pela Secretaria dos Negócios Jurídicos mostram que diretoria do ECCB não existe desde 2013 e CNPJ está inutilizado

MEDIDA DE SEGURANÇA | O campo do Esporte Clube Capão Bonito (ECCB), localizado na área central da cidade, foi interditado pela Comissão Municipal de Defesa Civil (COMDEC) na semana passada.

A interdição ocorreu após uma denúncia realizada na Ouvidoria Municipal apontando eventuais riscos de desabamento de muro e que gerou um processo de averiguação da situação da arena esportiva bem como sua estrutura física.

Laudo elaborado por engenheiro da Prefeitura em vistoria técnica constatou que o muro que faz a divisa com a rua Bernardino de Campos está realmente comprometido e com risco de “colapso em sua totalidade”, oferecendo risco iminente à população;

O laudo ainda aponta que o muro que faz divisa com a rua Altino Arantes apresenta fissuras, as quais devem ser monitoradas e corrigidas para evitar futuros riscos;

Além de mencionar outros problemas estruturais graves, o laudo também faz recomendações técnicas imediatas:

  • Parte da arquibancada está comprometida;
  • A edificação onde está localizado o vestiário está comprometida e com risco de colapso;
  • Há entulho no local;
  • Há saída de águas pluviais diretamente na calçada pública;
  • Há necessidade de interdição do entorno do muro que faz divisa com a rua Bernardino de Campos, com proteção para impedir o trânsito de pedestres e espalhamento de fragmentos, além da demolição, onde necessário.
  • Interdição imediata da totalidade da edificação onde está localizada os vestiários e também demolição onde necessário;
  • Interdição parcial da arquibancada e adoção de medidas corretoras ou demolição.
  • Diante do laudo, a Comissão Municipal de Defesa Civil também esteve no local e determinou a INTERDIÇÃO como medida preventiva para evitar acidentes e riscos a pedestres.

A Prefeitura Municipal informou ainda em nota que diante da interdição fica suspenso treinos ou qualquer tipo de evento esportivo no local e que está analisando a situação para se posicionar e tomar outras medidas cabíveis que se fizerem necessárias.

Reunião com esportistas – O prefeito Júlio Fernando, o secretário de Governo – José Saito e o vereador Antonio Roberto de Siqueira (Fio) tiveram na tarde da última segunda-feira, 21/11, uma reunião no Gabinete Municipal com esportistas e representantes de equipes do esporte amador.

O chefe do Executivo explicou a situação do Campo do ECCB e garantiu que as equipes não ficarão sem local para disputa de campeonatos e jogos.

“Acabamos de concluir um Campeonato Municipal de Futebol que proporcionou jogos com melhor estrutura no Estádio Municipal Dr. José Sidney da Cunha, arbitragem sem cobrança de taxa, material esportivo durante os jogos e ainda premiação em dinheiro no final. Aliás revitalizamos e recuperamos o Estádio Municipal justamente para garantir a prática esportiva. Já conseguimos recursos para construção de arquibancadas no campo inaugurado na nossa primeira gestão do Complexo do Arcão e cedido em comodato ao Grêmio Bela Vista, ou seja, teremos arenas com mais estrutura para fomentar o esporte amador. A interdição do Campo do Esporte definida através de laudo técnico foi uma medida necessária neste momento para garantir a segurança tanto dos esportistas como de quem transita pelas imediações e não poderíamos ser negligentes diante de apontamentos feitos por um engenheiro”, explicou o prefeito.

Diretoria do ECCB não existe desde de 2013 – Levantamento da Secretaria dos Negócios Jurídicos de Capão Bonito também mostrou que a diretoria do Esporte Clube Capão Bonito não existe desde maio de 2013 e o CNPJ já foi baixado junto a Receita Federal, ou seja, inutilizado.

Diante da situação jurídica também irregular o Governo Municipal elaborou um decreto que já foi publicado na Imprensa Oficial integrando o campo ao patrimônio do município.

Existem também alguns questionamentos que o Executivo Municipal pretende esclarecer nos próximos dias como: Quem está cuidando do campo? Quanto foi arrecadado nos campeonatos uma vez que não houve apresentação de prestações de contas ou balanços; Informações sobre recursos obtidos com a pintura dos muros; Quanto foi arrecadado com a locação do espaço para máquinas? Quanto foi arrecadado com o bar que funcionava durante os jogos? e outras dúvidas que precisam ser sanadas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp