logo-1.svg

Inovação: um novo jeito de construir nas obras públicas Capão Bonito

Sistema construtivo sustentável traz mais agilidade, limpeza, segurança e economia na construção dos equipamentos públicos. Técnica é usada em mais de 90 % das construções residenciais nos Estados Unidos, mas ainda é pouco conhecida no Brasil

Wagner D`Antonio

OBRAS PÚBLICOS | Já imaginou construir uma casa de 180 metros quadrados em 30 dias com poucas pessoas trabalhando, sem entulhos e outros problemas que toda obra traz e ainda economizar?

A agilidade, limpeza e economia são apenas algumas das vantagens apresentadas por um novo método construtivo sustentável – a Steel Frame.

O sistema está presente em duas obras de Capão Bonito: a ampliação da Creche Municipal “Anair da Aparecida Miguel Bestel” na Vila Aparecida recentemente concluída e na nova Subprefeitura também no mesmo bairro que está em andamento.

Ambas as obras tem responsabilidade técnica da empresa TCI que venceu o processo licitatório e trouxe está inovação para o município.

De acordo com engenheiros da TCI, Trata-se de um sistema construtivo estruturado em perfis de aço, onde cada “peça” é projetada para um determinado espaço, formando um esqueleto estrutural de metal de encaixe perfeito.

“A estrutura montada no Steel, é pensada para não ter erro. Vem A mais B, não tem como colocar aquela porta em outro local, cada peça tem seu lugar, ou essa parede aqui colocar no outro lado, elas não vão se encaixar, é para não ter erro, cada peça tem seu lugar”, comenta engenheiros e técnicos da TCI.

Um fato que chama a atenção no sistema é a rapidez. Na creche Anair Bestel, por exemplo, do início ao fim da obra foram apenas 120 dias. Um verdadeiro recorde no registro das obras públicas de capão Bonito.

Após a estrutura de metal montada, o revestimento pode ser feito com placas de fibro cimento ou gesso drywall.

Segundo ainda engenheiros por ser um método pouco conhecido na região, muitas pessoas têm receio em adotá-lo. Diferente dos Estados Unidos, onde, segundo ele, mais de 90% das construções adotam o método Steel Frame, que apresenta muito mais resistência a vendavais, suportando ventos de até 230 Km/h.

“As pessoas têm receio do novo, nos Estados Unidos, 93% das construções são Steel. Japão, China, a obra é Steel, alvenaria é só 3%. No Brasil não, 93% é tijolo, isso ai atrapalha tudo”, comentam.

OUTRAS VANTAGENS – Numa construção de Steel você não precisa pagar INSS, nem imposto da obra, porque ela é industrializada, então os impostos vêm todos no produto, o aço, a divisória, a parede, a mão de obra.

Outro fator positivo é o térmico, acústico, superior a alvenaria. No inverno é uma casa quente e no verão é ao contrário, no calor ela é fria.

No pós obra, a pintura é mais barata, porque ela não absorve umidade e não deteriora, não tem aquele problema igual a alvenaria de descascar, trincar. Se você fizer uma pesquisa simples, no Google, construção a seco, você já vai ver que é muito superior.

A única coisa que vai de alvenaria seria o concreto de aço armado, na base. Todo o estrutural é chumbado nesse desenho da casa, então, para o vento levar essa casa, tem que arrancar e levar com concreto e tudo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp