logo-1.svg

Capão Bonito é proporcionalmente a cidade que mais disponibilizou vagas para Bolsa Trabalho na região

Gestão do Prefeito Júlio Fernando e Roberto Tamura quase ‘sextuplicou’ número de vagas

EXPANSÃO DE VAGAS – Com apoio do Governo do Estado (Secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Governo), Capão Bonito ampliou as vagas do Programa Bolsa Trabalho que tem foco na população desempregada e com prioridade para mulheres.

Proporcionalmente, Capão Bonito é uma das cidades que mais disponibilizou vagas na região sudoeste e até no Estado, aumentando de 80 em 2021 para 430 vagas (ativas) em 2022.

Além do Bolsa Trabalho, a prefeitura também reestruturou e concedeu reajuste de 66% para os 137 PEADS (Frente de Trabalho), ou seja, somando os dois programas o município fez a maior inserção social dos últimos anos, garantindo emprego e renda a quase 600 pessoas.

Nesta quinta-feira, 11/08, durante encontro realizado no Centro Educacional “Paulo Freire” o prefeito Júlio Fernando, o vice e secretário de Saúde – Roberto Tamura, demais secretários e os vereadores Antonio Roberto de Siqueira (Fio), Camila Camargo, Josiel Baitaca e Neto Tallarico anunciaram a ampliação do programa e fizeram agradecimentos especiais aos bolsistas que trabalham em vários setores da prefeitura.

O encontro teve apoio da iniciativa privada através da empresa OdontoCompany que ofereceu um coffee break aos bolsistas. 

Segundo o prefeito Júlio Fernando, o objetivo é gerar ainda mais renda, ocupação, qualificação e empregabilidade para a população mais vulnerável.

“Quase sextuplicamos o número de vagas. O Bolsa Trabalho é uma real oportunidade de emprego, são R$ 540 por mês, por um período de cinco meses. As bolsistas trabalharão em diversos setores da Prefeitura Municipal. Não posso deixar de agradecer ao Governador Rodrigo Garcia pelo apoio na ampliação das vagas em Capão Bonito. Ter emprego e renda é fundamental nesse pós-pandemia”, destacou o prefeito no encontro.

Segundo ainda o secretário de Governo, Indústria e Comércio – José Toshio Saito, a expansão do Bolsa Trabalho foi possível graças a logística especial e suporte à população através da Casa do Empreendedor inaugurada na atual gestão e com o diretor João Carvalho Jr., o coordenador – Beto Tallarico e equipe realizando um eficaz trabalho nas inscrições.

Com mais de R$ 415 milhões em investimentos do Governo de São Paulo, o Programa Bolsa Trabalho oferece bolsas aos cidadãos que realizarem atividades de trabalho em órgãos públicos municipais e estaduais. 

A carga horária será de 4 horas diárias, cinco dias por semana.

Além disso, os participantes realizarão um curso de qualificação profissional e recebem apoio à empregabilidade, por meio dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs).

Os inscritos poderão escolher seis opções de cursos profissionalizantes virtuais da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), com duração de 80 horas:

• Auxiliar de Controle de Produção e Estoque

• Gestão Administrativa

• Gestão de Pessoas

• Organização de Eventos

• Rotinas e Serviços Administrativos

• Secretariado e Recepção

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp