logo-1.svg

CAMP amplia atendimento às escolas

MAIS INCLUSÃO – Na semana passada a Equipe do CAMP (Centro de Atendimento Multifuncional Pedagógico) participou dos HTPCs em algumas escolas do município.

A Escola Municipal Bem Me Quer recebeu a equipe na segunda-feira, 25/07, com a assistente social Rafaela Guimarães trazendo o tema “Autismo” para os professores.

A fonoaudióloga Janaina também trouxe o tema “Fala e Linguagem” também aos professores das escolas municipais Recanto Maria Lírio Tallarico, Benjamin Venturelli e Bem-Me-Quer.

As orientadoras educacionais Tânia e Helenice participaram do HTOPC da escola Oscar Kurtz Camargo, abordando o tema “A psicomotricidade como instrumento de aprendizagem”.

A abordagem dos temas e acolhimento ao CAMP nas rotinas de HTPC foram considerados muito positivos pelos professores equipes gestoras.

O CAMP foi inaugurado na primeira gestão do prefeito Júlio Fernando e sua atuação é estratégica na Rede Municipal de Educação para apoiar e orientar professores, alunos e pais nas ações inclusivas.

HTPC – A hora de trabalho pedagógico coletivo (HTPC) é o tempo estabelecido pelas escolas das redes municipal e estadual de ensino, com o intuito de reunir professores e coordenadores para a discussão, análise e proposição de soluções que possam atender as necessidades educacionais coletivas apresentadas periodicamente. Este tempo está incluído na carga horária semanal dos profissionais da Educação, que devem participar a fim de atender aos objetivos próprios de uma reunião de hora de trabalho pedagógico coletivo.

A HTPC tem como objetivo principal promover a troca de experiência profissional, possibilitando assim a reflexão sobre a prática docente para que seja viável e se torne concreto o aperfeiçoamento individual e coletivos dos educadores.

A legislação determina que os Horários de Trabalho Pedagógico Coletivos devem ser desenvolvidos dentro da escola pelos professores, com orientação do coordenador pedagógico. 

Para cada 10 a 27 horas na sala de aula, os docentes devem dedicar duas horas para essas reuniões, e três no caso de 28 a 33 horas de aula.

O objetivo primordial estabelecido é criar um espaço de discussão e formação para fortalecer o projeto político-pedagógico da escola. Isso significa articular as disciplinas, estudar, atender a problemas enfrentados pelos docentes, trocar experiências, discutir planejamento e avaliação e estimular a reflexão sobre a prática docente. Para que isso aconteça, é importante haver uma boa estrutura para o debate, com metas e cronogramas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp