Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
logo-1.svg

Ato Público de Repúdio à Violência Contra a Mulher em Capão Bonito

Por Wagner D´Antonio

MOBILIZAÇÃO ANTIVIOLÊNCIA | Diante dos últimos casos registrados em Capão Bonito e região, na noite da última segunda-feira, 27/05, o Centro de Convenções Joel Humberto Stori foi palco de um evento significativo: o Ato Público de Repúdio à Violência Contra a Mulher e Combate ao Feminicídio. Este evento reuniu diversas autoridades e segmentos da sociedade capão-bonitense, demonstrando a união da comunidade em prol de uma causa urgente e essencial.

O prefeito Júlio Fernando e a primeira-dama e secretária de Educação Ana Luiza foram representados no ato pelo secretário de Desenvolvimento Social, Romano de Oliveira.

A presença de figuras influentes reforçou o comprometimento da Administração Municipal com a causa. A mobilização contou com a participação de vereadores, membros da Acamar (Associação Capão Bonitense de Amparo à Mulher Agredida), advogados do escritório da drª. Rosana Nito, comerciantes, empresários, empreendedoras, funcionários públicos municipais, representantes da Educação e da Cultura, além de diversas entidades sociais e Conselhos Municipais, como o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres (CMDM) e o Conselho Municipal de Cultura.

Os Guardas Civis Municipais (GCM) e profissionais da Assistência Social também marcaram presença, evidenciando a integração dos diversos setores na luta contra a violência de gênero. O ato contou com a participação especial da coordenadora do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), Profª. Heneida Maria Sousa, e da presidente da Câmara Municipal, Camila Camargo, que foram fundamentais para o sucesso do evento.

Em seu discurso, Camila Camargo destacou a importância da união e da responsabilidade compartilhada na prevenção e combate à violência contra a mulher: “Nosso objetivo é unir esforços, extrair ideias, disseminar conhecimento, pedir providências e entender que a violência contra a mulher é responsabilidade de todos — homens e mulheres, escolas, governos. Estamos juntos nesta causa”, afirmou a presidente da Câmara.

O secretário Romano de Oliveira também ressaltou o compromisso do Governo Municipal em intensificar campanhas de conscientização e orientação para prevenir e evitar novos casos de violência contra a mulher. Ele enfatizou a necessidade de uma abordagem abrangente que inclua não apenas a punição dos agressores, mas também a educação e a sensibilização de toda a sociedade.

A mobilização antiviolência em Capão Bonito é um exemplo claro de como a união de esforços entre governo, entidades sociais e a comunidade pode gerar um impacto positivo.

“A violência contra a mulher é um problema complexo que requer soluções integradas e contínuas. Eventos como este ato público são fundamentais para manter o tema em evidência, promover a conscientização e inspirar ações concretas”, afirmou o prefeito Júlio Fernando.

A presença massiva e o engajamento dos participantes demonstram que Capão Bonito está empenhada em combater o feminicídio e todas as formas de violência contra a mulher. O município está se mobilizando para criar um ambiente mais seguro e acolhedor para todas as suas cidadãs, reafirmando seu compromisso com a justiça e a igualdade de gênero.

Com a meta de intensificação das campanhas de conscientização e ações educativas, Capão Bonito dá um passo importante na construção de uma sociedade mais justa e humana. A luta contra a violência de gênero é contínua, e a participação ativa de todos os setores da sociedade é crucial para alcançar resultados duradouros. O Ato Público de Repúdio à Violência Contra a Mulher é mais um marco na história do município, reforçando a mensagem de que a violência não será tolerada e que todos têm um papel a desempenhar na sua erradicação.

                 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp